valid2

 

 

Como saber qual certificado digital preciso?

Existem diferentes aplicações e usos para o Certificado Digital, pensando nisso a VALID Certificadora preparou uma página com as principais aplicações e a indicação do certificado certo para cada uma delas,clique aqui e veja.

O Certificado Digital é um documento eletrônico, como ele é entregue?

O Certificado Digital pode ser entregue de 3 formas:
- Token, que é conectado diretamente na porta USB do computador
- Cartão, neste caso para leitura dos dados do certificado digital é preciso uma leitora de cartão ou que o computador do usuário do certificado tenha a leitora embutida na máquina
- Diretamente no computador do titular do Certificado, neste modelo a VALID entrega o Certificado em Pen drive no momento do atendimento presencial.

Quais são as formas de pagamento aceitas?

Cartões de crédito: Visa, Mastercard e boleto bancário.

Qual a diferença entre o certificado A1 e A3?

- O certificado tipo A1 tem sua chave privada gerada e armazenada em um software, da mesma forma o certificado tipo A1 também fica armazenado em software e tem validade de até 1 ano (12 meses)
- Já o certificado tipo A3 é gerado e armazenado em dispositivo criptográfico próprio - cartão ou token, e tem a validade de até 3 anos (36 meses).

O que é CARTÃO ou SMART CARD ?

É o dispositivo que fica armazenado o Certificado Digital, os dados do Certificado Digital ficam dentro do chip do cartão, neste caso é necessário para leitura dos dados, uma leitora de cartão ou um computador que tenha a leitora embutida.

O cartão é protegido por uma senha que possui uma politica de bloqueio após algumas tentativas consecutivas de digitação incorreta dessa senha o cartão e o certificado digital serão bloqueados.

As senhas cadastrados no cartão ficam armazenadas apenas no dispositivo não podendo ser recuperadas ou desbloqueadas pela Autoridade Certificadora.

É recomendado que a senha digitada seja memorizada para evitar bloqueios e perda do cartão e do certificado digital.

No caso de uma empresa com sócios, como será utilizado o certificado digital?

A versão virtual espelha as regras válidas para os documentos em papel. Se o contrato social determina a necessidade da assinatura de todos os sócios para determinada ação, como por exemplo, a solicitação de um empréstimo bancário, o mesmo número de assinaturas digitais será exigido. No caso das comunicações à Receita, nada muda. Quem assina continua sendo o representante legal da empresa perante a Receita Federal.

O que é o token?

É o dispositivo onde fica armazenado o Certificado Digital e que se conecta diretamente na porta USB do computador, dispensando qualquer tipo de adaptador.

Esse dispositivo é protegido por uma senha que possui uma politica de bloqueio após algumas tentativas consecutivas de digitação incorreta dessa senha o token e o certificado digital serão bloqueados.

As senhas cadastrados no token ficam armazenadas apenas no dispositivo, não podendo ser recuperadas ou desbloqueadas pela Autoridade Certificadora ou Autoridade de Registro.

É recomendado que a senha digitada seja memorizada para evitar bloqueios e perda do certificado digital.

O que é a leitora?

Leitora é o hardware que faz a leitura dos dados do certificado contidos no cartão.

Nela não armazenadas informações sobre o seu certificado ou sua chave privada, ela apenas realiza a comunicação do cartão com o computador.

O que é chave privada?

A chave privada é gerada simultaneamente com a chave pública e são relacionadas entre si em um sistema de criptografia assimétrica. A chave privada deve ser mantida em sigilo e posse somente pelo seu titular. Com ela é possível assinar digitalmente documentos e arquivos de forma inequívoca pelo seu titular.

O que é chave pública?

A chave pública é gerada simultaneamente com a chave privada e são relacionadas entre si em um sistema de criptografia assimétrica. A chave pública está associada com os dados do seu titular e é utilizada para verificar a assinatura digital criada com a chave privada correspondente. Ela também é utilizada para cifrar mensagens ou arquivos que poderão ser decifrados com a chave privada correspondente.

Qual o próximo passo após a solicitação do certificado digital VALID?

Após a compra do certificado, é necessário agendar a validação presencial em um dos "Pontos de Atendimento". Ou você pode solicitar o Delivery e um de nossos Agentes de Registro efetuará a validação presencial em seu escritório ou domicílio. Não se esqueça de providenciar os documentos necessários para validação de acordo com o produto que foi adquirido.

Quem pode ter um certificado digital?

O certificado pode ser de titularidade de uma Pessoa Física, Pessoa Jurídica, Equipamento ou Aplicação.

Exemplos de titularidade:
- Pessoa Física: um e-CPF emitido para Heloísa Trujillo Marcatti
- Pessoa Jurídica: um e-CNPJ emitido para VALID Certificadora Digital
- Equipamento/Aplicação: um certificado de servidor emitido para um common name (host + domínio): http://www.validcertificadora.com.br/

Juridicamente qual a validade da certificação digital?

Um documento assinado digitalmente tem a mesma validade jurídica do equivalente em papel assinado de próprio punho, além de oferecer validade jurídica, não permite que a pessoa que o assinou diga que não foi ela, já que o Certificado Digital não admite o ato de não-repudio.

O que é um certificado digital?

O certificado digital é o documento eletrônico que garante proteção às transações online e a troca virtual de documentos, mensagens e dados, com validade jurídica.

Com esta tecnologia, os sistemas de informação podem validar e reforçar os mecanismos de segurança online, utilizando a tecnologia para garantir a privacidade e confirmar a autenticidade das informações dos usuários, empresas e instituições na rede.

Sou um contador e tenho um cliente que é produtor rural, ele tem a inscrição no CNPJ, porém ele faz o recolhimento através do fgts pelo número do CEI, qual o certificado digiral devo comprar o E-CNPJ ou o E-CPF?

Como o seu cliente possui um CNPJ ativo, você primeiro deve questioná-lo se os seus empregados estão vinculados ao seu CPNJ, se sim, aconselhamos a compra de um certificado e-CNPJ, pois, assim você unifica todos os processos em um único certificado digital, porém se o mesmo não possui nenhum funcionário vinculado a este CNPJ você pode indicar a compra de e-PF com CEI (Cadastro Especifico do INSS), pois assim o produtor rural continuará realizando o recolhimento do FGTS de seus funcionários (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) pelo número do CEI.