simples-nacional

CUSTOS MENSAIS E ANUAIS DAS EMPRESAS DO SIMPLES NACIONAL

CUSTOS MENSAIS E ANUAIS DAS EMPRESAS DO SIMPLES NACIONAL

 

O Simples Nacional é uma forma de tributação que unifica e facilita o pagamento dos impostos federais, estaduais e municipais das micro e pequenas empresas brasileiras, trazendo como principal vantagem a diminuição da carga tributária.

 

Uma grande diferença do Simples Nacional para outras formas de tributação é que a empresa que é optante por esse regime não precisa pagar impostos com guias diferentes e datas de vencimento distintas. No caso do Simples, o empresário efetua o pagamento de uma única guia (DAS), dia 20 de cada mês, abrangendo uma série de impostos e contribuições.

 

CUSTOS MENSAIS

  • Documento de Arrecadação do Simples (DAS) – obrigatório se houver o faturamento
  • Contribuição para o INSS – facultativo
  • Contabilidade
  • Aluguel do escritório virtual se a empresa não possuir sede própria.

 

DAS

O enquadramento no Simples Nacional ocorre de acordo com a atividade empresarial (CNAE) desenvolvida. Dentro desse regime existem cinco anexos com faixas que correspondem a uma porcentagem de imposto de acordo com o faturamento.

 

No Regime de Simples Nacional a arrecadação dos tributos são agregados no Documento de Arrecadação do Simples (DAS), com pagamento dia 20 do mês posterior.

 

O do DAS varia de acordo com o faturamento da empresa, mediante aplicação das alíquotas constantes nas Tabelas do Simples Nacional.

 

Importante: Para efeito da determinação da alíquota a ser aplicada, caso a empresa esteja em de início de atividade (antes de completar um ano), o Simples utiliza como Receita Bruta total acumulada, a receita do próprio mês de apuração multiplicada por 12. Como a verificação da Receita Bruta é feita mensalmente, a alíquota pode oscilar até que seja completado um ano.

Após esse período, será observado o somatório do faturamento do período anterior ao mês que estiver sendo calculado, para determinar a faixa e a alíquota a ser aplicada.

 

Por exemplo, quando tiver que calcular o DAS da competência 11/2016, somaremos a Receita Bruta de 11/2015 a 10/2016 para verificar se vamos aplicar a alíquota de 6% ou 8,21% ou outra alíquota da tabela.

 

CLIQUE AQUI E CONHEÇA 6 ESTRATÉGIAS DE MARKETING DE UMA ADMINISTRADORA PARA CAPTAR CONDOMÍNIOS

 

RETIRADA DE PRÓ-LABORE

 

A contribuição para o INSS é facultativa, mas serve como garantia para a aposentadoria. O valor do desconto é de 11% sobre a retirada do pró-labore*. Geralmente o valor utilizado como contribuição é com base no salário mínimo, mas é possível contribuir com qualquer valor entre o salário mínimo e o teto.

 

* O pró-labore corresponde a remuneração do trabalho realizado por sócio e corresponde ao salário do sócio.

 

CUSTOS ANUAIS

  • TFF – Taxa de Fiscalização de Funcionamento.
  • TVL – Termo de Viabilidade de Localização.
  • IPTU – Imposto Predial e Territorial Urbano. Pago somente se a empresa possuir sede própria.
  • Certificado Digital – Para a utilização da tecnologia é necessário possuir o certificado digital no modelo A1.

 

TFF

A Taxa de Fiscalização de Funcionamento (TFF) é devida à Prefeitura e seu valor está relacionado com as atividades desenvolvidas pela empresa, variando de acordo com a receita bruta anual.

 

TVL

O Termo de Viabilidade de Localização (TVL), quando não é definitivo, requer a renovação anualmente. A validade do alvará de funcionamento acompanha o TVL, sendo necessário renová-los quando a situação do TVL é provisória e o prazo de validade expira.

 

button-19

 

IPTU

O Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) é devido à Prefeitura e é pago nos casos das empresas que possuem sede própria. Quando a atividade é desenvolvida em escritório virtual, a empresa não terá esse custo.

 

CERTIFICADO DIGITAL

As empresas do regime do Simples Nacional ainda não são obrigadas a terem o Certificado Digital, mas a tendência é que todas as empresas caminhem para a certificação. Para possibilitar a velocidade dos processos, característica inerente à internet, o uso do certificado é imprescindível.

 

FONTE:

http://agilize.jusbrasil.com.br/artigos/153033678/empresa-do-regime-de-simples-nacional-custos-mensais-e-anuais

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


nove − 4 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>